Arquivo de ‘Antes de Viajar’

Praticando o Desapego

Salut, mes amis!

Essa é a parte mais difícil do processo, como um todo: desapegar. O desapego no processo é de tantas as formas que a gente até se pergunta ao longo do processo “será que vou conseguir?”. E, por mais difícil que seja, queremos muito conseguir desapegar – o que para nós é bem difícil, já que somos emocionalmente apegados.

Trabalhando a primeira parte do desapego, decidimos começar o desapego material. Já gastamos alguns milhares de reais em pagamentos de testes, taxas e documentos, porém sabemos que teremos muitos outros milhares a pagar pela frente. Por isso tomamos uma importante decisão: começamos nosso desapego.

“Mas vocês já vão vender tudo?”. Não. Explicamos: é natural dos ser humano ter muitas coisas. Coisas que não usamos, coisas que deixamos de lado, coisas que desaprendemos a gostar. E tudo isso ocupa um certo espaço, e algumas delas podem virar dinheiro. Ao invés de desapegar de tudo somente ao final do processo, onde tem aquela correria de deixar tudo pronto para ir embora, resolvemos começar o nosso desapego antes.

Decidimos que a cada 4 meses faremos uma limpa em nossas vidas. Separar coisas para vendas e coisas para a doação. Na última semana doamos 3 caixas de roupas inúteis que enchiam nossos guarda-roupas, e separamos um sem igual de roupas e acessórios para venda. Olhamos nossa (grande) quantidade de livros, já separamos alguns para venda também. Por que esperar ir embora para vender tudo às pressas, se já podemos adiantar? Com isso já levantamos algum dinheiro para pagamentos de documentos e taxas que precisamos – ou até mesmo deixamos o dinheiro rendendo na Conta Poupança que abrimos com finalidade “Canadá“.

A Saints criou uma loja no site online Enjoei, e já colocou coisas á venda – e inclusive já vendeu algumas. Também criamos um álbum de desapegos nos nossos perfis pessoais no Facebook, caso amigos se interessem por nossas coisas. E assim vamos fazendo com calma, sem pressa, e sem ansiedade. Esperamos que isso nos ajude quando formos embora, já que pretendemos ter cada vez menos coisas ao passar dos meses…

Está sendo um trabalho, e um trabalho muito complicado. É difícil desapegar daquele sapato que você acha lindo, mas que usou duas vezes; ou então daquele livro que você amou, porém só leu uma vez e nunca mais encostou nele. O que temos em mente é que fazendo isso antes será muito mais fácil do que decidir sob pressão o que vamos querer ou não às vésperas da mudança de país. Temos mobiliário e temos coisas que seguramente vão para a casa da nossa família, mas quanto menos tivermos, não? E dinheiro sempre é bom.

Nosso próximo desapego está agendado para maio, que é quando voltamos de férias. Esperamos que até lá tenhamos vendido todas as coisas que separamos para vender até agora…

E sigamos em frente!

Abraços.

Les Saints

Como Economizar Dinheiro?

Depois que a gente resolve imigrar, parece que a vida é fácil! Apenas estudar, enviar documentação e esperar, certo?

Estamos no começo do processo, e essa fase é uma em que as torneiras do dinheiro estão bem abertas… É um documento aqui, uma prova ali, um exame aqui, e pronto! Quando nos damos conta, são centenas de reais que foram embora.

Sendo assim, como o processo tem demorado um bocado, resolvemos nos organizar financeiramente para que não tenhamos nenhum problema ou surpresa ao longo desses meses, e que possamos chegar no Canadá com uma quantia bem maior do que a exigida, sem deixar de lado a nossa vida cotidiana aqui. Afinal, passar meses angustiados com a espera e ainda ter que deixar a vida de lado não dá, né?

Encontramos neste blog uma dica ótima de como começar uma poupança de R$2 e ter R$2700 ao final de um ano. Para ver, clique aqui. Começamos a fazer, depositando o dinheiro em um cofre que temos aqui em casa e marcando os valores depositados. Vamos ver a quanto chegamos!

cofrinho

Algumas dicas para conseguir controlar a sua vida financeira e aumentar sua poupança:

1. Determine a quantia que vai economizar por mês, por exemplo, 10% de tudo que ganhar no mês. Considere essa economia como uma conta a ser paga, e se pague todo mês assim que o salário cair.

2. Anote tudo o que você gastar naquele mês, e cruze com o que você ganhou em uma planilha. Aqui a gente usa o Google Drive, quem quiser o modelo me avisa que eu compartilho 🙂

3. Quando for ao shopping e querer algo, repense a sua lista de prioridades, e veja se aquilo é realmente necessário, e quão necessário. Eu sei que é difícil, aqui em casa somos bem consumistas, mas temos nos controlado bem.

4. Comece uma poupança com um objetivo. Comprar as passagens aéreas? Juntar o dinheiro exigido para os primeiros três meses? É importante se dizer para qual finalidade aquela economia está indo.

5. Se programe para depositar algum dinheiro na poupança em determinada data do mês. A maioria das poupanças são multi-datas, e tem um rendimento maior em determinado dia.

6. Cozinhe mais do que jante fora. Pode parecer que não, mas isso é uma economia absurda! Aqui em casa gostamos de comer bem, mas estava ficando caro jantar fora todo final de semana. Hoje cozinhamos mais e economizamos um bom dinheiro.

7. Separe o dinheiro da diversão! Economizar não tem que ser um martírio, tem que ser algo que vai ser bom no futuro. Não adianta nada economizar tudo e não ir ao cinema ou jantar fora de vez em quando porque tem que guardar dinheiro. Isso só vai te deixar mal-humorado.

Sendo bem sincero, parece ser muito mais difícil do que realmente é. A pior parte é o primeiro passo, o resto vem com tranquilidade.

Se você tem alguma dica, deixe para a gente nos comentários 🙂 Vamos adorar ver!

Abraços.

Les Saints